Comparação entre riscos e benefícios das lentes de contacto de controlo da miopia

Imagem da notícia: Comparação entre riscos e benefícios das lentes de contacto de controlo da miopia

Uma análise sobre a segurança das lentes de contacto de controlo da miopia na infância comparativamente aos riscos de doença ocular e deficiência visual associados à miopia ao longo da vida. Artigo de Kate Gifford PhD, BAppScOptom(Hons), GCOT, FBCLA, FCCLSA, FIACLE, FAAO Myopia Profile Pty Ltd, Universidade de Tecnologia de Queensland, Austrália.

A miopia está a generalizar-se ao longo das idades e etnias das diversas regiões do mundo. Até 2050, prevê-se que metade da população mundial – cinco mil milhões de pessoas – será míope, com quase mil milhões a sofrer de miopia alta e em risco significativo de patologia ocular relacionada com a miopia e deficiência visual.1Embora a miopia alta esteja intrinsecamente ligada a um risco mais elevado de doenças oculares, tais como cataratas, descolamento da retina e degeneração macular míope, níveis ainda mais baixos de miopia estão associados a um maior risco de patologia ao longo da vida quando comparados com o risco para não míopes.2 Assim, a miopia é agora reconhecida como uma doença e não como uma simples condição refrativa. Os relatórios do International Myopia Institute White Paper, um projeto que reúne consenso académico mundial, reafirmaram o crescente encargo da miopia na saúde pública3 e desenvolveram esforços a nível de investigação,4 indústria5 e clínica6,7 para fazer face a este desafio.

“O risco de deficiência visual ao longo da vida (até aos 75 anos de idade) aumentou de 1,6% em olhos com um comprimento axial inferior a 26mm para13% em olhos de 26mm ou maior”

Artigo completo na OftalPro 59.

27 Dezembro 2022
Estudos e Investigação

PUBLICIDADE
MIDO
`

Notícias relacionadas

Estudo Marvel decorre online

Este estudo é conduzido pela DruSER.Net, uma rede colaborativa para a investigação, que está integrada na Unidade de Farmacovigilância de Coimbra (UFC).

Ler mais 28 Novembro 2023
Estudos e Investigação

Baixa Visão: “laboratório-apartamento” promove tarefas domésticas

O laboratório foi inaugurado no Dia Mundial da Visão, no Instituto Oftalmológico Gama Pinto. O projeto quer "aumentar a autonomia dos utentes" e promover "uma vida sem medos". Entre mecenas e o conselho de administração do hospital, o investimento no laboratório ficou em mais de seis mil euros.

Ler mais 26 Outubro 2023
Estudos e Investigação