Prémios de Investigação Pfizer

Três projectos na área de oncologia, dois em pesquisa básica e um em investigação clínica, venceram este ano os Prémios de Investigação Pfizer.

Um dos Prémios de Investigação Básica foi atribuído a um projecto de Sérgio Fernandes Almeida e Carmo Fonseca, do Instituto de Medicina Molecular, que se debruçou sobre alterações em mecanismos que “estão na origem de inúmeras doenças, sendo o cancro uma das que tem concentrado maior atenção por parte dos investigadores”, revelou a agência Lusa.

Dois investigadores do Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto, Elsa Logarinho e Helder Maiato, também foram premiados com um projecto sobre um novo mecanismo molecular. Este mecanismo pode vir a ser explorado na terapia do cancro, que se caracteriza pela divisão descontrolada das células, revelam os organizadores do Prémio.

Quanto à investigação clínica, o prémio foi dado a João Barata, do Instituto de Medicina Molecular, que se debruçou sobre o estudo da leucemia linfoblástica aguda de células T, que é um cancro do sangue especialmente frequente em crianças. Este estudo identificou um conjunto de mutações até agora desconhecido – presentes em cerca de 9% dos doentes com leucemia estudados – e mostrou que estas mutações podem estar na origem do mesmo tipo de tumores.

A investigação identificou não só mutações num gene essencial do sistema imunitário, e que estão associadas ao desenvolvimento de leucemia infantil, como também “aponta potenciais aplicações terapêuticas futuras resultantes desta descoberta”.

2 Janeiro 2012
Atualidade

`

Notícias relacionadas

HOYA estreia-se na TV em Portugal

Pela primeira vez, a HOYA vai anunciar a MiYOSMART, lente para a gestão da miopia em crianças e adolescentes, na televisão portuguesa, nos canais CMTV e TVI.

Ler mais 23 Maio 2024
AtualidadeLentes e Equipamentos

Um viva ao Hugo

O designer da OftalPro celebra hoje o seu aniversário. Muitos parabéns Hugo, um dia super feliz!

Ler mais 7 Maio 2024
Atualidade