Fumar prejudica o cérebro masculino

Imagem da notícia: Fumar prejudica o cérebro masculino

Os homens que fumam regularmente têm um maior risco de apresentar um declínio mais rápido da função cognitiva, revela um estudo publicado na revista Archives of General Psychiatry.

Os investigadores, liderados por Séverine Sabia, analisaram seis critérios para determinar o grau de consumo de tabaco dos participantes, ao longo de um período de 25 anos, e realizaram três avaliações das suas capacidades cognitivas, ao longo de mais de 10 anos.

O estudo constatou que os homens fumadores apresentavam um declínio mais rápido da função cognitiva. Os fumadores que deixaram de fumar, durante os 10 anos que antecederam a primeira avaliação das suas capacidades cognitivas, continuavam a apresentar um risco de sofrer de um declínio cognitivo, particularmente na função executiva. Esta função refere-se a processos cognitivos como a memória, atenção, resolução de problemas, raciocínio verbal, flexibilidade mental, capacidade de desempenhar múltiplas tarefas, inibição e monitorização das ações.

13 Fevereiro 2012
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade