Células estaminais no olho podem ajudar a conceber tratamentos mais eficazes

Imagem da notícia: Células estaminais no olho podem ajudar a conceber tratamentos mais eficazes

Cientistas ingleses descobriram que no limbo corneal encontram-se células estaminais, úteis para desenvolver tratamentos visuais.

Os investigadores da Universidade de Southampton estimam que é possível extrair estas células e desenvolvê-las em laboratório, de forma a dotá-las das características necessárias para se tornarem células fotorrecetoras. Assim, é possível conceber um novo tratamento para a cegueira, nomeadamente para a degeneração macular relacionada com a idade.

Segundo explicou à comunicação social Andrew Lotería, principal autor da investigação já publicada na plataforma PLOS One, “estas células são de fácil acesso e têm uma plasticidade surpreendente, o que as torna um recurso muito apetecível para futuras investigações”.

Com as células estaminais é possível ultrapassar o risco de o organismo do paciente rejeitar o tratamento, no entanto a equipa reconhece que ainda é necessário mais tempo de investigação.

8 Outubro 2014
Atualidade

`

Notícias relacionadas

FMUC lança projeto de literacia em saúde

“As vacinas e nós” é o tema de um projeto de literacia em saúde promovido pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), com a colaboração do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra (UC).

Ler mais 8 Agosto 2022
AtualidadeCuriosidade

Curso de Anatomia e Cirurgia de Órbita decorre em setembro

No próximo dia 23 de setembro realiza-se o curso pós-graduado de Anatomia e Cirurgia de Órbita – Hands-on Cadaver Dissection, na Nova Medical School - Faculdade de Ciências Médicas, em Lisboa. Este curso será organizado numa parceria entre a Unidade de Órbita do Hospital CUF Descobertas e o Departamento de Anatomia da Faculdade de Ciências Médicas da Nova Medical School/Faculty of Medical Sciences.

Ler mais 3 Agosto 2022
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia