CooperVision e Optometry Giving Sight de mãos dadas

Imagem da notícia: CooperVision e Optometry Giving Sight de mãos dadas

Estima-se que, em todo o mundo, são mais de 600 milhões o número de pessoas invisuais ou com problemas graves de visão, devido à falta de cuidados de saúde apropriados e falta de meios, por vezes tão simples como uns óculos, para corrigir os seus defeitos visuais.

A Optometry Giving Sight é uma organização sem fins lucrativos que se dedica a mudar esta situação e que conta com o apoio da CooperVision desde a sua criação.

Em 2016, a CooperVision renova a confiança no trabalho desta organização, que já colocou em marcha mais de 67 projetos em 38 países desde 2007.

A Optometry Giving Sight contribuiu para que mais de quatro milhões de pessoas tivessem acesso a cuidados primários de saúde ocular, através da formação de mais de 2.600 profissionais de saúde ocular e apoiando a criação de mais de 100 centros de saúde visual.

“A associação é totalmente transparente no que se refere ao destino dos donativos. Na sua página web, afirmam abertamente que 85% dos donativos destinam-se diretamente a projetos sustentáveis de cuidado de saúde ocular, sendo o restante destinado a custos, imprescindíveis, de logística.

A contribuição realizada pela CooperVision proveniente dos seus utilizadores, funcionários e colaboradores chegou aos 290.000 dólares. Com projetos na Ásia, África e América Latina, Optometry Giving Sight cresce para mehorar a vida das pessoas em todo o mundo. O seu trabalho marca uma verdadeira diferença no que toca a problemas de visão.

A CooperVision orgulha-se de poder contribuir com esta entidade que vai de encontro aos nossos objectivos globais: é com enorme alegria que participa neste projeto”.

 

7 Abril 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, que inclui uma categoria para alunos cegos e amblíopes, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação.

Ler mais 24 Novembro 2020
Atualidade

Investigadores testam IA no diagnóstico da Covid-19

Uma equipa de investigadores, constituída por portugueses e brasileiros, vai testar a utilização de inteligência artificial (IA) no diagnóstico da Covid-19, analisando ultrassonografias ao tórax com recurso a técnicas de visão por computador.

Ler mais 20 Novembro 2020
Atualidade