Investigação da Universidade do Porto entre as melhores

Imagem da notícia: Investigação da Universidade do Porto entre as melhores

Em 2011, a Universidade do Porto registou uma subida nos vários ‘rankings’ que medem a ‘performance’ das universidades de todo o mundo.

De acordo com a classificação do Academic Ranking of World Universities (ARWU), a Universidade do Porto obteve uma subida de 100 lugares. Esta instituição encontra-se agora nas 150 melhores universidades europeias e das 301 a 400 melhores do mundo, confirmando-se ainda como a única universidade portuguesa a figurar no top 400 mundial.

Foram a quantidade e a qualidade dos artigos científicos publicados por docentes e investigadores nas melhores revistas internacionais que provocaram esta subida. Em avaliação estiveram o ensino, o volume da investigação científica produzida, a qualidade dessa investigação, os resultados económicos da inovação produzida e a internacionalização de estudantes, docentes e investigadores.

De acordo com o Times Higher Education World University Ranking (THEWUR), provavelmente o mais popular ranking mundial, a Universidade do Porto encontra-se entre as 350 melhores universidades do mundo e nas 150 da Europa.

A Universidade do Porto foi ainda considerada a oitava melhor universidade ibero-americana de acordo com o Performance Ranking of Scientific Papers for World Universities. Este é um dos mais prestigiados “barómetros” de produção científica no Ensino Superior que avalia o desempenho das universidades ao longo dos últimos 11 anos, segundo três critérios: a produtividade, o impacto e a excelência da investigação.

17 Janeiro 2012
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Boa Páscoa!

A equipa da OftalPro deseja-lhe um uma Páscoa feliz e muito docinha. Que este seja um momento de união e celebração

Ler mais 29 Março 2024
Atualidade

Hoje é o dia da Daniela

Em dia aniversário, resolvemos desafiar a Daniela, jornalista na OftalPro, a mostrar um pouco mais de si. E aproveitamos para lhe desejar um dia maravilhoso!

Ler mais 26 Março 2024
Atualidade