“Tempo biológico” mais fácil de determinar

Imagem da notícia: “Tempo biológico” mais fácil de determinar

Um grupo de investigadores japoneses desenvolveu um método alternativo para determinar o horário interno do corpo, também designado por “tempo biológico” ou ritmo circadiano, construindo o que designaram como calendário molecular.

A nova abordagem trabalha a partir de uma amostra de sangue para determinar os níveis de mais de 50 hormônios, metabólitos e aminoácidos gerados pela atividade biológica, bastando duas amostras de sangue, recolhidas num período de 24 horas.

A técnica foi aferida através do método tradicional baseado na melatonina,

tendo ambos os resultados mostrado a mesma hora no relógio biológico de voluntários.

Espera-se que o método permita sincronizar a aplicação dos medicamentos, sobretudo em tratamentos mais intensos.

 

24 Outubro 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Fundação Gulbenkian e CUF fazem parceria

A presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Isabel Mota, e o presidente da CUF, Salvador de Mello, firmaram recentemente um protocolo de colaboração através do qual pretendem aproveitar as sinergias existentes entre as áreas de atuação das duas instituições e promover o intercâmbio de conhecimentos, incentivar a cooperação e a investigação científica, estimular a formação de profissionais de saúde, apoiar iniciativas de elevado potencial e incentivar a publicação científica.

Ler mais 15 Outubro 2020
Atualidade

OrCam Read auxilia pessoas disléxicas ou com dificuldades de leitura

A OrCam Technologies juntou-se à Biblioteca Nacional de Portugal para auxiliar pessoas disléxicas ou com dificuldades de leitura. A parceria, que surgiu a propósito do Dia Mundial da Visão, pretende capacitar todos os leitores que frequentam a biblioteca com a disponibilização de um OrCam Read.

Ler mais 12 Outubro 2020
Atualidade