Investigadores criam vasos sanguíneos artificiais

Imagem da notícia: Investigadores criam vasos sanguíneos artificiais

Um grupo de investigadores da Universidade do Minho (UM) conseguiu construir vasos sanguíneos artificiais a partir de celulose bacteriana.

Os vasos que estão a ser desenvolvidos pelo Centro de Engenharia Biológica da Universidade podem ser usados para combater problemas vasculares. A matéria utilizada é quimicamente idêntica à vegetal, mas é obtida no estado puro por micro-organismos e apresenta propriedades excecionais como “uma elevada biocompatibilidade, pois não induz praticamente reação do corpo estranho, uma grande capacidade de absorção de água, de resistência mecânica, de elasticidade e de moldabilidade.”

Miguel Gama, professor da Escola de Engenharia da UM salienta que “o objetivo principal destes vasos sanguíneos artificiais é diminuir os problemas vasculares, gerados pelo entupimento dos vasos arteriais, situação que afeta anualmente milhões de pessoas”.

Para esta investigação, o grupo do Centro de Engenharia Biológica contou com a colaboração de uma equipa de cirurgiões do Hospital de Santo António do Porto.

 

11 Janeiro 2013
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Indo integra grupo Rodenstock para “acelerar o seu crescimento”

Após vários anos de “crescimento sustentado e incremento de quota de mercado”, a Indo irá integrar-se no grupo Rodenstock para “impulsionar” o seu negócio. Estima-se que a transação fique completa no terceiro trimestre de 2022 e está sujeita à aprovação das habituais autoridades de concorrência.

Ler mais 20 Maio 2022
AtualidadeInstitucionalOftalmologia

APOR promove Petição Pública em defesa dos Ortoptistas

Num documento dirigido ao Presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, a petição defende, entre outros pontos, “o direito a exercer a profissão sem penalização” e “o direito de escolha e acesso do cidadão beneficiário da ADSE a cuidados de saúde na área da visão prestados por Ortoptistas”.

Ler mais 17 Maio 2022
AtualidadeÓtica

Catarata: cirurgia pode diminuir risco de demência

De acordo com um estudo realizado nos EUA, e publicado no jornal científico JAMA Internal Medicine, da Associação Médica Americana, “indivíduos idosos com catarata que foram submetidos à cirurgia tiveram um risco menor de desenvolver demência”.

Ler mais 16 Maio 2022
AtualidadeOftalmologia