Detetar o cancro rapidamente

Imagem da notícia: Detetar o cancro rapidamente

Uma equipa liderada por um português desenvolveu uma técnica de deteção precisa e rápida do cancro.

A técnica, publicada recentemente na revista “Nature Medicine”, revela que o cancro pode ser detetado mais rápida e precisamente através da observação dos níveis de glicose no corpo humano, a sua principal fonte de energia.

A equipa de Tiago Rodrigues, atualmente a trabalhar na Universidade de Cambridge no Reino Unido, explicou que o cancro força uma multiplicação desmesurada de células, o que exige um grande fluxo de energia.

A chave da deteção da doença está na observação destas divisões.

Segundo o jornal i, a técnica recorre a imagens hipersensíveis do consumo de glicose e do seu metabolismo em tumores.

Em teste já conseguiu detetar os efeitos de quimioterapia em ratos com linfoma.

“A ideia é que células cancerígenas danificadas (por ação do tratamento) não transformam a glicose noutros produtos de forma tão eficiente. A glicose circula pelo corpo em poucos segundos, pelo que podemos obter imagens do seu metabolismo muito pouco tempo depois da sua injeção”, afirmou o cientista Tiago Rodrigues.

9 Dezembro 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

“Myopia control in 2021” é o tema do webinar com Carla Lança

No próximo dia 28 de setembro, pelas 21h30, a Professora Assistente na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, Carla Lança, vai participar no webinar com o tema “Myopia control in 2021”, promovido pela Essilor Portugal, através da Oftalmoonline.

Ler mais 27 Setembro 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia