Novos óculos para invisuais

Imagem da notícia: Novos óculos para invisuais

Investigadores mexicanos estão a desenvolver óculos com lentes inteligentes, idealizados para pessoas cegas.

O Centro de Investigación y de Estudios Avanzados del Instituto Politécnico Nacional pondera comercializar já em 2015 estes óculos.

O sistema de navegação baseia-se em algoritmos de visão estereoscópica, com sensores de som estéreo, georreferenciação e um ‘tablet’, que tem uma aplicação que “diz” indicações ou avisos ao utilizador. Apresentam também um sistema de ultrassom, que dota os óculos da capacidade de reconhecer obstáculos translúcidos como o vidro, como ainda recorre às valências da inteligência artificial, que possibilita “decorar” locais ou objetos.

Funcionam à base de baterias, que podem durar até quatro horas de uso contínuo. Segundo o ‘site’ TVCiência, o preço deste equipamento pode oscilar entre os 700 e os 1100 euros.

Não são os primeiros exemplares do género, como por exemplo os óculos da norte-americana Second Sight e os ingleses Assisted Vision. Pode ler mais aqui e aqui.

4 Junho 2014
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade