Voluntários podem ser os “olhos” de cegos

Imagem da notícia: Voluntários podem ser os “olhos” de cegos

Uma nova aplicação pretende dar visão a cegos mediante a ajuda de terceiros.

Trata-se do ‘software’ gratuito e sem quaisquer fins lucrativos Be My Eyes.

A aplicação foi concebida para que cegos possam contactar voluntários quando necessitam de assistência, seja para identificar, ao vivo, objetos, trajetos ou até sinais, mediante a câmara de vídeo dos aparelhos.

A nomenclatura traduzida literalmente em português é algo como “sê os meus olhos”, que é exatamente o que os voluntários personificam relativamente aos deficientes visuais.

A empresa foi criada por um dinamarquês, Hans Jørgen Wiberg, que sofre de problemas visuais.

26 Janeiro 2015
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas