Lentes CooperVision chegam a 1,5 milhões de astigmatas

Imagem da notícia: Lentes CooperVision chegam a 1,5 milhões de astigmatas

As lentes de hidrogel de silicone diárias da CooperVision chegam a um milhão e meio de utilizadores com astigmatismo.

Até à chegada ao mercado da nova clariti® 1 day Toric da CooperVision, os utilizadores deste tipo de lentes não tinham acesso ao conforto e vantagens para a saúde que representa a utilização do hidrogel de silicone como material de fabrico de lentes de contacto.

Estas lentes oferecem os benefícios de um material já testado de hidrogel de silicone aliados às vantagens de uma descartável diária: alto conteúdo em água para proporcionar um excelente conforto durante todo o dia, humectação uniforme e alta transmissibilidade de oxigénio, facto que permite 100% de consumo de oxigénio corneal e assim manter a saúde ocular.

O objetivo da CooperVision é chegar a um maior número de utilizadores, oferecendo um intervalo de parâmetros único na sua categoria: até 1.590 combinações possíveis de potências.

“A lente clariti® 1 day Toric é assim a lente tórica diária com mais parâmetros do mercado”, já que está disponível em esferas desde neutro a -6.00 (passos de 0.25), de -6.50 a -9.00 (passos de 0.50) com cilindros de -0.75, -1.25 e -1.75D em eixos de 90º ±30º (passos de 10º) e 180º ±20º (passos de 10º), o cilindro de -2.25 está disponível em eixos de 90º e 180º ±20º (passos de 10º); em esferas positivas está disponível desde +0.25 a +4.00 (passos de 0.25) com cilindros de -0.75, -1.25 e -1.75 com eixos de 20°, 70°, 90°, 110°, 160° e 180°.

15 Fevereiro 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, que inclui uma categoria para alunos cegos e amblíopes, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação.

Ler mais 24 Novembro 2020
Atualidade

Investigadores testam IA no diagnóstico da Covid-19

Uma equipa de investigadores, constituída por portugueses e brasileiros, vai testar a utilização de inteligência artificial (IA) no diagnóstico da Covid-19, analisando ultrassonografias ao tórax com recurso a técnicas de visão por computador.

Ler mais 20 Novembro 2020
Atualidade