Mercado das lentes de óculos irá aumentar exponencialmente

Imagem da notícia: Mercado das lentes de óculos irá aumentar exponencialmente

Um recente estudo da Business Wire sobre o mercado de lentes revela que de 2016 a 2020 marcas como a Essilor, Hoya, Luxottica e Zeiss vão “dominar” este segmento.

O documento intitulado “Global Glass Lens Market 2016-2020” tem registado que a indústria das lentes de óculos terá uma taxa CAGR (Compound Annual Growth Rate) de 3,55%, valor justificado pelos projetos futuros dos principais influenciadores do mercado, papel dos operadores chave e lucro gerado a nível mundial pelos diferentes tipos de lentes disponíveis.

A tendência crescente das lentes fotocromáticas, por exemplo, é um indicador a considerar, principalmente pela aposta das marcas em combiná-las com vários estilos e cores. A cada vez mais envelhecida população é também um fator chave, pelo aumento da esperança média de vida, pela perda de visão associada e problemas de saúde como doenças crónicas, entre outros.

O estudo revela que a Essilor, Hoya, Luxottica e Zeiss serão os vendedores chave durante os próximos quatro anos, pelo seu maior afluente de comercialização de lentes, mas outros vendedores serão em menor escala preponderantes, como a CHEMIGLAS, Fielmann, Hongchen Optical, Nikon, Rodenstock, Seiko Group, Shanghai Conant Optics e Shanghai Moon Optica.

 

22 Junho 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Novo confinamento: oftalmologistas podem abrir portas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, mas com novas exceções. É o caso da oftalmologia.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeOftalmologia

Mais literacia em saúde com o projeto “A Saúde no Saber”

A Ciência Viva - Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica, no âmbito do concurso “Comunicar Saúde”, que visa promover a literacia em saúde em Portugal, atribuiu 20 mil euros ao projeto “A Saúde no Saber”, do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra (UC).

Ler mais 13 Janeiro 2021
Atualidade