Mais de 53 mil utentes aguardam cirurgia oftalmológica

Imagem da notícia: Mais de 53 mil utentes aguardam cirurgia oftalmológica

O Jornal de Notícias (JN) avançou que mais de 53 mil pessoas estão à espera de uma operação oftalmológica no SNS. Na região de Lisboa e Vale do Tejo houve uma subida de 46% face ao ano anterior, totalizando cerca de 20.800 doentes em lista de espera. Os hospitais do Algarve, Coimbra, Viseu e Vila Real também excedem os tempos máximos de resposta. No centro hospitalar de Faro, onde a situação é mais critica, verifica-se um período de espera de um ano e três meses.

Rufino Silva, presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), diz que esta situação se deve às restrições pandémicas: “os números da pandemia são maiores em Lisboa, portanto é de esperar que as restrições em termos de espaço físico e de capacidade de resposta também sejam maiores. Também temos um maior número de doentes, até pela densidade populacional, na região de Lisboa”, afirmou em declarações à SIC.

O presidente da SPO refere também que esta situação é “preocupante dado muitos doentes que deveriam ter sido sinalizados pelos cuidados primários, não o foram por falta de capacidade de resposta” e ainda que muitos dos utentes tinham receio de se deslocar às instituições de saúde e que só o faziam em “caso de extrema urgência”, o que, na opinião de Rufino Silva, é “muita grave em termos de saúde”.

De acordo com Rufino Silva, a maioria dos centros hospitalares já implementaram programas adicionais com vista a reduzir esta lista. “Está a funcionar o cheque-vale que permite que a pessoa possa ao fim de 180 dias escolher outra instituição para ser operada”.

Ainda que elevado, o número de utentes à espera de cirurgia oftálmica é inferior ao número no mesmo período do ano passado.

23 Julho 2021
AtualidadeOftalmologia

PUBLICIDADE
MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

Colóquios de Oftalmologia 2022 decorrem em fevereiro

Os Colóquios de Oftalmologia 2022 realizam-se a 4 e 5 de fevereiro no Hotel Marriott, em Lisboa. O evento irá proporcionar palestras sobre atualidade em retina e implanto-refrativa, sustentabilidade e gestão, sociedade civil: glaucoma pediátrico.

Ler mais 12 Janeiro 2022
AtualidadeEventos e Formação

Janeiro, mês da consciencialização do glaucoma

A Prevent Blindness, uma organização sem fins lucrativos de saúde e segurança ocular, de Chicago, declarou janeiro como o mês da consciencialização do glaucoma. O objetivo é oferecer “uma variedade de recursos educacionais e de consciencialização gratuitos para ajudar a prevenir a perda desnecessária da visão”.

Ler mais 11 Janeiro 2022
AtualidadeOftalmologia