“Estar próximo dos clientes”

Imagem da notícia: “Estar próximo dos clientes”

OftalPro: Porquê decidiram apostar no mercado português?
Reyes Osés: O profissionalismo e a competência dos oftalmologistas lusos revela-se irrepreensível. Além disso, acreditamos que é um nicho de negócio importante por estar muito próximo de nós. A filosofia da empresa baseia-se na proximidade para com os clientes, de forma a podermos captar, desenvolver e aplicar as suas ideias.

OF: Auscultam, então, os oftalmologistas no sentido de encontrar novas soluções?
RO:
Sempre! Os nossos produtos nascem das ideias dos próprios especialistas, pelo que neces-
-sitamos constantemente do seu ‘feedback’ e, para isso, temos que nos manter por perto.

OF: Qual é a vossa estratégia para conquistar os profissionais portugueses?
RO:
Para já, abrimos uma filial em Portugal, porque queremos facturar neste país, estar mais próximos e termos colaboradores lusos para nos integrarmos definitivamente. Preferimos ir lentamente, mas com os pés bem assentes na terra. Não queremos crescer rapidamente, preferimos ir fazendo amigos. Queremos estar à altura de todos os oftalmologistas, tanto nos hospitais públicos, como na clínica privada, oferecendo produtos e serviços de grande qualidade.

 

28 Dezembro 2011
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

Paulo Ferreira, ocularista na Moutinho Ópticas, em entrevista

É na Avenida Rodrigues de Freitas que encontramos o espaço que a Moutinho Ópticas dedica à prótese ocular, um dos serviços de bandeira da histórica ótica portuense. No local é desenvolvido um trabalho que visa a mitigação dos impactos que a perda de um olho pode ter. Estivemos à conversa com Paulo Ferreira, especialista e ocularista de profissão, sobre o seu percurso e ainda sobre esta área “nobre”

Ler mais 29 Setembro 2021
AtualidadeEntrevistas