Tecnologia ajuda a entender glaucoma

Imagem da notícia: Tecnologia ajuda a entender glaucoma

A realidade virtual pode ser uma opção viável para ajudar portadores de glaucoma no seu dia a dia.

As quedas representam uma das principais origens de lesões para estes doentes. Por esta razão, investigadores da Universidade de Califórnia, Estados Unidos da América, estão a desenvolver um método de teste para medir o controlo do equilíbrio.

A experiência resultou em estudo, publicado na revista Ophthalmology, e consistiu na utilização de Oculus Rift, óculos de realidade aumentada que simulavam a passagem por túneis e outros locais, combinados com uma plataforma de força, dispositivo que mede movimentos e o equilíbrio do utilizador.

Este estudo envolveu 42 pacientes com glaucoma e 38 saudáveis para grupo de controlo. A referida plataforma de equilíbrio teve de sofrer ajuste na ordem dos 30 a 40 por cento quando utilizada pelos doentes, razão justificada pela perda do gânglio retinal, que retarda o processamento visual.

Os investigadores associaram este problema ao historial de quedas em portadores com glaucoma.

6 Maio 2015
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Novo confinamento: oftalmologistas podem abrir portas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, mas com novas exceções. É o caso da oftalmologia.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeOftalmologia

Mais literacia em saúde com o projeto “A Saúde no Saber”

A Ciência Viva - Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica, no âmbito do concurso “Comunicar Saúde”, que visa promover a literacia em saúde em Portugal, atribuiu 20 mil euros ao projeto “A Saúde no Saber”, do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra (UC).

Ler mais 13 Janeiro 2021
Atualidade

Dezembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de dezembro de 2020.

Ler mais 4 Janeiro 2021
Atualidade