“Semana da Visão” alerta para os problemas da saúde ocular dos portugueses

Imagem da notícia: “Semana da Visão” alerta para os problemas da saúde ocular dos portugueses

No âmbito do Dia Mundial da Visão, que este ano se celebrou a 8 de outubro, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) organiza a 1ª Semana da Visão em Portugal. De 8 a 15 de outubro, a SPO irá promover uma série de iniciativas que alertam para os problemas visuais dos portugueses. O principal objetivo é sensibilizar a população para as causas de cegueira que é possível prevenir, incentivando esta prevenção.

Maria João Quadrado, presidente da SPO, afirma que “as pessoas preocupam-se cada vez mais com um estilo de vida saudável, mas muitas esquecem ou desconhecem a necessidade de cuidar da saúde dos seus olhos. A grande maioria das deficiências visuais podem ser evitadas e/ou tratadas. As principais, como a miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia podem ser corrigidos com óculos, lentes de contato ou cirurgia refrativa. Outros problemas como a catarata, a degenerescência macular da idade, a retinopatia diabética e o glaucoma podem levar a perda da visão quando não detetados atempadamente”.

Entre as várias iniciativas que a SPO vai dinamizar na Semana da Visão, a presidente destaca os rastreios. “O rastreio para a prevenção da cegueira é das estratégias com melhor relação custo-benefício e a observação regular pelo oftalmologista é o mais indicado. As crianças devem ser observadas aos 3 anos, de forma a detetar defeitos que passam despercebidos aos pais”.

Os cuidados com a visão devem manter-se ao longo da vida. “Aos 40-50 anos, quando surge a presbiopia, deve consultar-se um oftalmologista e iniciar o despiste de glaucoma. Em idades mais avançadas é obrigatória a observação anual para despiste de catarata, glaucoma e degenerescência macular da idade. O envelhecimento da população significa que o risco de desenvolver deficiência visual relacionada com a idade é cada vez maior. Cerca de 65 por cento das pessoas com deficiência visual têm 50 anos ou mais e em Portugal temos vindo a assistir a um aumento de casos de baixa visão por degenerescência macular da idade e retinopatia diabética. Nestas situações é obrigatório o exame oftalmológico anual”, defende Maria João Quadrado.

O Dia Mundial da Visão tem como objetivo lembrar que as principais causas de cegueira no mundo podem ser prevenidas e/ou tratadas se as populações tiverem acesso a cuidados de saúde adequados. Ontem (8 de outubro) iniciaram-se na baixa do Porto os rastreios ao público com divulgação de vários folhetos informativos sobre algumas das patologias cujo tratamento pode fazer alterar o percurso para a perda de visão. No dia 12 de outubro, os rastreios e ações de sensibilização chegam à baixa de Coimbra e a semana encerra a 15 de outubro com as ações de rua a decorrerem no centro de Lisboa.

9 Outubro 2015
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Consumo de drogas poderá causar deficiência visual

Gerardo Gleason, especialista mexicano em tecnologia para cirurgias oftalmológicas, alertou que “o consumo de substâncias psicoativas, naturais ou sintéticas, que atuam no sistema nervoso gerando alterações nas funções que regulam pensamentos, emoções e comportamento, aumentam as hipóteses de deficiência visual ou cegueira”, revela a Lusa.

Ler mais 21 Junho 2024
Atualidade

OftalPro completa 15 anos

A revista dirigida aos profissionais da oftalmologia alcança em 2024 o seu 15º aniversário. Nascida em 2009, a OftalPro publicou já 65 edições da sua revista, vincada pela aposta na publicação em papel, sem nunca descurar o contacto mais direto e imediato proporcionado pelas novas tecnologias que avançaram na sociedade desde a sua criação.

Ler mais 20 Junho 2024
Atualidade