Oftalmologista portuguesa premiada nos EUA

Imagem da notícia: Oftalmologista portuguesa premiada nos EUA

A oftalmologista portuguesa Inês Laíns ganhou o Evangelos S. Gragoudas Award, da Harvard Medical School, nos Estados Unidos da América (EUA).

O trabalho de Inês Laíns foi reconhecido como o melhor artigo científico publicado pelo Departamento de Oftalmologia da Harvard Medical School, que “foi de particular importância para compreender a degenerescência macular relacionada com a idade (DMI), a principal causa de cegueira em indivíduos com mais de 50 anos no mundo ocidental”, é revelado em comunicado.

Segundo a investigadora, “trata-se de uma doença progressiva, que geralmente não causa sintomas nas fases iniciais, só se manifestando por perda de visão quando já há lesões oculares muito significativas. Infelizmente, os típicos testes de visão efetuados numa consulta de oftalmologia chegam já muito tarde e precisamos de novas formas de identificar e reconhecer doentes com DMI, ou em risco de desenvolver a doença”, adianta a especialista.

Inês Laíns trabalha neste projeto sob supervisão de Joan Miller, uma especialista mundial em oftalmologia e vencedora do Prémio Champalimaud da Visão em 2014.

11 Julho 2017
Oftalmologia

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas