Astrócitos influenciam processos cognitivos

Imagem da notícia: Astrócitos influenciam processos cognitivos

Um grupo de investigadores do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) demonstrou a importância dos astrócitos, um dos tipos de células mais numerosos do cérebro, na comunicação entre várias regiões do cérebro que são relevantes para a cognição.

“Apesar de sabermos que os astrócitos são importantes para a manutenção do funcionamento das redes neuronais, pouco ou nada se sabia sobre a sua influência nos processos cognitivos, como a aprendizagem ou a memória”, afirmam no site da UMinho.

O objetivo da equipa de investigação foi perceber a relevância da comunicação astrócito-neurónio nos processos cognitivos. Para isso, estudaram a função cognitiva num modelo de ratinho com astrócitos geneticamente impedidos de libertar moléculas de sinalização, ou seja, de comunicar com os neurónios.

Os resultados deste estudo foram publicados na revista GLIA e mostram que, na ausência de comunicação astrócito-neurónio, as redes neuronais responsáveis por computação cognitiva estão dessincronizadas.

Saiba mais aqui.

19 Outubro 2017
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

“Em 2050, uma em cada duas pessoas vão sofrer de miopia”

O alerta é da OMS sublinhado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. No Dia Mundial da Visão a instituição chama atenção para a excessiva exposição de crianças a dispositivos eletrónicos. 80% de todas as causas de deficiência visual são evitáveis ou podem ser tratáveis mediante prevenção adequada.

Ler mais 14 Outubro 2021
AtualidadeOftalmologia