Alcon: a saúde ocular em fase de confinamento

Imagem da notícia: Alcon: a saúde ocular em fase de confinamento

A rápida expansão do coronavírus e da doença associada, Covid-19, levou o Governo e as várias autoridades a tomar medidas que têm um grande impacto nos hábitos e rotinas diárias da população. O confinamento em casa necessário por parte das famílias, com exceção de certas situações, o teletrabalho ou a sobrecarga de informação não só afeta o humor, como também pode influenciar a nossa saúde ocular. 

Durante a situação de emergência de saúde pública, o aumento da exposição a ecrãs de televisão, computadores e dispositivos inteligentes que utilizamos para mantermos informados, ter momentos de lazer ou trabalhar, pode causar o síndrome do olho seco, uma patologia que afeta cerca de 20% da população adulta portuguesa, e que ocorre quando a superfície dos olhos não se encontra devidamente protegida pelas lágrimas, devido a um défice na quantidade ou qualidade da camada lacrimal. 

Sobre esta patologia, Francisco Alba Bueno, OD, PhD, Field Medical Advisor Alcon Iberia, diz que “para combatê-la, é necessário manter hábitos saudáveis e utilizar uma solução que restaure a humidade dos olhos e atue rapidamente para melhorar a qualidade de vida dos pacientes”. Além disso, passar muito tempo num espaço fechado pode afetar a nossa visão de longa distância. Alba esclarece que “a visão humana é projetada para ver em espaços abertos, e a necessidade de adaptação a distâncias curtas por muito tempo pode causar fadiga e stress visual. Por esta razão, é importante exercitar os nossos olhos para fortalecê-los e melhorar assim a nossa saúde visual”. 

4 Maio 2020
Oftalmologia

PUBLICIDADE
https://www.oftalpro.pt/wp-content/uploads/2022/11/BANNER-MIDO_OPTICA-E-OFTAL.gif
`

Notícias relacionadas

Rita Flores é a nova presidente da SPO

Rita Flores é a nova presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO). As eleições decorreram durante o 65º Congresso Português de Oftalmologia, evento que este ano decorreu nos dias 1 e 3 dezembro.

Ler mais 5 Dezembro 2022
AtualidadeOftalmologia