Ensaio clínico mostra eficácia de tratamento a laser

Imagem da notícia: Ensaio clínico mostra eficácia de tratamento a laser

Segundo o estudo, pacientes com “DME leve (com espessura inferior a 400 mícrons) podem ser tratados com laser macular, que pode ser laser de limiar padrão ou laser de micropulso subliminar. O primeiro produz uma queimadura ou cicatriz na retina. Esta última, que é uma tecnologia mais recente, funciona sem deixar queimadura ou cicatriz ou qualquer tipo de alteração ou marca visível na retina”.

“Alguns oftalmologistas aconselham pacientes com formas mais leves de DME a receber injeções de anti-VEGFs, em vez de laser, apesar de o laser ser menos invasivo e exigir menos visitas à clínica. O tratamento a laser custa significativamente menos do que as injeções oculares de anti-VEGFs”, mostra Noemi Lois, professora clínica de oftalmologia da Queens University e principal autora do estudo.

Saiba mais, subscrevendo a OftalPro 60.

11 Abril 2023
Estudos e Investigação

`

Notícias relacionadas

Os desafios dos CEO’s para 2024

A consultora americana McKinsey & Company consolidou as opiniões que surgiram das conversas com centenas de CEO’s e agregaram um conjunto de dados sobre como as empresas podem fazer melhor para a sociedade, as comunidades e os funcionários.

Ler mais 1 Março 2024
Estudos e Investigação