Rastreios em crianças devem ser exclusivos de oftalmologistas

Imagem da notícia: Rastreios em crianças devem ser exclusivos de oftalmologistas

Especialistas acompanham a opinião da SPO que alertou para a existência de crianças que chegam às consultas da especialidade com óculos, receitados por ópticas, de que não precisam. A OftalPro quis saber a opinião dos oftalmologistas sobre este assunto.

Falam em “técnicas de marketing para vender óculos”, no perigo de estarem a ser camuflados problemas oculares graves e defendem a existência de rastreios oftalmológicos pediátricos, mas realizados por oftalmologistas.

Há quem defenda a criação de um plano nacional de rastreios, que ajude a esclarecer a população e a prevenir atos “puramente comerciais”.

Não perca as várias opiniões na OftalPro 18, brevemente junto de si!

6 Junho 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

OM cria Censo Oftalmologia

O “Estudo Demográfico da População de Oftalmologistas Portugueses” do Colégio de Oftalmologia da Ordem dos Médicos, tem como objetivo “conhecer a realidade dos recursos humanos nacionais” nesta área da medicina. O documento vai ser divulgado no próximo congresso de Oftalmologia, entre 9 e 11 de dezembro, de 2021.

Ler mais 3 Dezembro 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia