Investigação em visão premiada em Lisboa

Imagem da notícia: Investigação em visão premiada em Lisboa

De acordo com o jornal Expresso, seis cientistas americanos receberam das mãos de Cavaco Silva e de Leonor Beleza, presidente da Fundação Champalimaud, o Prémio de Visão António Champalimaud 2012, pelas suas abordagens inovadoras na visualização da retina em pessoas saudáveis e doentes.

David Williams (Universidade de Rochester), na Ótica Adaptativa, e uma equipa constituída por James Fujimoto (MIT), David Huang (Oregon Health and Science University), Carmen Puliafito (Universidade da Califórnia do Sul), Joel Schuman (Universidade de Pittsburg) e Eric Swanson (NinePoint Medical), na Tomografia de Coerência Ótica, desenvolveram tecnologias para observar com elevada resolução a estrutura e as propriedades da retina, o que vai levar a novas descobertas científicas e a melhores cuidados de saúde.

O prémio é atribuído anualmente desde 2007 às organizações ou grupos que se distinguiram por contributos excecionais para a compreensão dos mecanismos da visão ou no combate à cegueira nos países em desenvolvimento.

A cerimónia decorreu no auditório do Centro de Investigação Champalimaud, em Lisboa, e o prémio de um milhão de euros é considerado o maior do mundo na área da visão.

17 Setembro 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Essilor Portugal com distinção Selo COVID OUT

A Essilor Portugal foi distinguida com a atribuição do Selo COVID OUT atribuído pela entidade certificadora ISQ - Instituto de Soldadura e Qualidade, após auditar as respetivas instalações e medidas de segurança presentes.

Ler mais 23 Outubro 2020
AtualidadeLentes e equipamentos