Sonhar acordado potencia a criatividade

Imagem da notícia: Sonhar acordado potencia a criatividade

Sonhar acordado pode melhorar a criatividade e ajudar as pessoas a resolver problemas complexos.

Através de um estudo, realizado em conjunto pelas universidades da California (EUA) e British Columbia (Canadá) e pelo Max Planck Institue (Alemanha), esta técnica pode potenciar a capacidade criativa.

Os investigadores desafiaram um grupo com o “teste incomum de utilização”, onde as pessoas tinham de pensar em todas as alternativas possíveis que lhes surjam para utilizar determinado objeto.

Repetiram o teste num segundo momento mas, entre os dois testes, foi-lhes exigido quatro coisas: completar uma tarefa exigente, que ocupasse a mente em pleno; realizar uma tarefa pouco exigente, que desse a possibilidade de divagar; fazer um intervalo de 12 minutos ou saltar fazer logo o segundo teste.

Os investigadores verificaram que o grupo que completou o teste pouco exigente foi o que obteve melhores resultados no segundo teste.

Revelaram ter tido muito tempo para sonhar acordados, que faz os investigadores acreditarem que os ajudou na capacidade criativa.

 

13 Fevereiro 2013
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade