Tecnologia que é vestível

Imagem da notícia: Tecnologia que é vestível

Sergey Brin, co-fundador da empresa Google, afirmou que os dispositivos vestíveis serão uma realidade dita “normal”. Estes objetos serão assim considerados como peças vulgares de vestuário.

Sergey Brin chamou a atenção por passear no metro de Nova Iorque com os Google Glass, óculos da empresa homónima que são como computadores à frente dos nossos olhos, literalmente. “Os vestíveis não serão populares, mas sim normais”, considera.

Sonny Wu, da Misfit Wearables, explica que “os produtos atuais, na maioria, não podem ser vestidos. São desajeitados, não combinam e pedem hábitos que não temos. Você não precisa de carregar a bateria da sua camisola. Porque é que você aprenderia a fazer isso?”.

Segundo o ‘site’ Diário Digital, os dispositivos tomarão a forma de óculos, pulseiras, calçado, relógios e outras peças do armário do mesmo tamanho.

22 Abril 2013
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Curso de Anatomia e Cirurgia de Órbita decorre em setembro

No próximo dia 23 de setembro realiza-se o curso pós-graduado de Anatomia e Cirurgia de Órbita – Hands-on Cadaver Dissection, na Nova Medical School - Faculdade de Ciências Médicas, em Lisboa. Este curso será organizado numa parceria entre a Unidade de Órbita do Hospital CUF Descobertas e o Departamento de Anatomia da Faculdade de Ciências Médicas da Nova Medical School/Faculty of Medical Sciences.

Ler mais 3 Agosto 2022
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia