Especialidades médicas concentradas em hospitais de Lisboa

Imagem da notícia: Especialidades médicas concentradas em hospitais de Lisboa

Segundo o Público, trata-se de uma “racionalização de especialidades deficitárias em recursos humanos médicos com idade inferior a 50 anos, bem como a duplicação de recursos em especialidades com baixo número de atendimentos” no período noturno, que compreende as 20h e as 8h.

Dependendo dos resultados desta primeira fase, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo analisará os prazos das próximas concentrações de especialidades, mas para já sabe-se que entre outubro e novembro será a vez de urologia e cirurgia vascular.

Até ao fim do ano serão concentradas cirurgia plástica e a maxilo-facial, neurologia, gastrenterologia, cardiologia de intervenção e cirurgia cardíaca.

No entanto, o Público revela que tem havido críticas a estas alterações por parte de utentes e médicos, que consideram que não há dados que comprovem a falta de profissionais e a vantagem de concentrar especialidades.

19 Setembro 2013
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Marcelo Rebelo de Sousa nas comemorações da BIAL

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta terça-feira (25) o colaborador mais antigo da maior farmacêutica portuguesa. A distinção foi entregue no âmbito das comemorações dos 100 anos do laboratório, no dia em que se realiza a conferência BIAL 100 Years – Shaping the future, na Fundação Serralves (Porto).

Ler mais 25 Junho 2024
Atualidade

Consumo de drogas poderá causar deficiência visual

Gerardo Gleason, especialista mexicano em tecnologia para cirurgias oftalmológicas, alertou que “o consumo de substâncias psicoativas, naturais ou sintéticas, que atuam no sistema nervoso gerando alterações nas funções que regulam pensamentos, emoções e comportamento, aumentam as hipóteses de deficiência visual ou cegueira”, revela a Lusa.

Ler mais 21 Junho 2024
Atualidade