Paramiloidose Ocular: Um caso clínico

Imagem da notícia: Paramiloidose Ocular: Um caso clínico

Artigo científico de Cristina Vaz Pereira, Sofia Rodrigues, Diana Cristovão, Mónica Franco, Jorge Godinho, José Fernandes, João Segurado e Helena Prior Filipe.

A Polineuropatia Amiloidótica Familiar (PAF) é uma patologia hereditária multi-sistémica, caracterizada por deposição extracelular de material amilóide.

A proteína anómala é produzida predominantemente no fígado, pelo que o transplante hepático é considerado como terapêutica eficaz.

É apresentado um caso clínico de PAF, em que a primeira manifestação de PAF foi oftalmológica. Material e Métodos: Mulher de 48 anos com diagnóstico de glaucoma primário de ângulo aberto há vários anos.

Por franca alteração do estado geral, com neuropatia periférica, disautonomia do aparelho digestivo, insuficiência cardíaca e renal, a doente recorreu a outra instituição onde diagnosticaram PAF.

Resultados: Após o diagnóstico de PAF a pressão intra-ocular do olho direito (OD) não estava controlada. Identificou-se a presença de material anómalo no bordo pupilar e face anterior do cristalino, irregularidade pupilar, anisocoria e opacidades vítreas de forma assimétrica. Conclusão: Este caso clínico alerta para causas de glaucoma secundário, a importância da exploração da história familiar e a assimetria do atingimento ocular da PAF.

Leia o artigo na íntegra na OftalPro 25, aqui.

4 Dezembro 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas