Setor público rege-se por baixo preço para dispositivos médicos

Imagem da notícia: Setor público rege-se por baixo preço para dispositivos médicos

A Associação Portuguesa das Empresas de Dispositivos Médicos (Apormed) está “preocupada com o facto de a sua aquisição no setor público realizar-se por critérios de baixo preço, colocando em risco a utilização de tecnologia de primeira linha, mais inovadora”, defendendo ainda a igualdade de acesso aos dispositivos de saúde em Portugal.

De acordo com o portal Tempo Medicina, este foi um dos temas em destaque durante a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Associação, realizada recentemente em Lisboa, e que contou com a presença do secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, entre outras individualidades.

Saiba mais aqui.

29 Maio 2017
Lentes e equipamentos

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Huvitz HOCT: o novo equipamento “5 em 1”

Para além da medição da Biometria, o novo Huvitz HOCT permite fazer a medição da Topografia. O novo Huvitz HOCT está “mais completo”, prometendo concentrar várias capacidades num único equipamento.

Ler mais 14 Junho 2021
AtualidadeLentes e equipamentosOftalmologia

CLAIRE desenvolve plataforma “para ajudar os profissionais de saúde ocular”

A CLAIRE (Contact Lens Artificial Intelligence Research and Engineering) fechou uma ronda de investimento pre-seed liderada pelo fundo espanhol Think Bigger Capital e pela SVDVS Beheer BV de origem holandesa. O financiamento servirá para desenvolver a plataforma de aplicações de Inteligência Artificial (IA) que irá ajudar os profissionais de saúde ocular.

Ler mais 10 Junho 2021
AtualidadeLentes e equipamentos