Inteligência Artificial diagnostica problemas oculares

Imagem da notícia: Inteligência Artificial diagnostica problemas oculares

Num futuro próximo, resultante de uma quarta revolução industrial, a nova tecnologia de Inteligência Artificial visa acelerar o atendimento médico de oftalmologistas para colmatar a falta de especialistas.

“A FDA irá continuar a facilitar a disponibilização de dispositivos médicos digitais, seguros e eficazes, que tenham potencial para melhorar o acesso dos doentes aos cuidados de saúde necessários” – afirmou Malvina Eydelman, médica e diretora da Divisão de Dispositivos Oftalmológicos e Otorrinolaringológicos e Radiologia da FDA.

O dispositivo, chamado IDx-DR, é um programa de software que usa um algoritmo para analisar imagens do olho capturadas com uma câmara apropriada, a Topcon NW400. Um médico envia as imagens da retina do doente para um servidor onde o IDx-DR é previamente instalado.

O software providenciará ao médico um de dois resultados: o primeiro, em que o IDx-DR deteta a retinopatia e referencia o doente para um oftalmologista, ou o segundo, em que o resultado do teste é negativo para a RGSM e informa que o teste deve ser repetido passados 12 meses.

O IDx-DR é o primeiro dispositivo a ser comercializado que oferece uma decisão de rastreio sem a necessidade da intervenção de um clínico para interpretar imagens ou resultados, o que permite que possa ser usado por profissionais de saúde sem qualquer especialização em oftalmologia.

Saiba mais aqui.

17 Julho 2018
Atualidade

`

Notícias relacionadas

SNS: telessaúde usada em 87% dos hospitais

Mais de 80% dos hospitais do SNS recorrem à telessaúde, sendo o telerrastreio e a teleconsulta os mais frequentes, mas os projetos de inteligência artificial ainda não chegaram a metade das instituições de saúde em Portugal.

Ler mais 17 Junho 2019
Atualidade

Cancro: centro de investigação europeu distingue estudo da FCTUC

Um estudo que, pela primeira vez, avaliou o impacto de fármacos anticancerígenos na água do interior das células foi distinguido com o Society Impact Award 2019, prémio atribuído pelo ISIS Neutron and Muon Source, laboratório que possui um dos mais potentes feixes de neutrões e muões do mundo, localizado no Reino Unido.

Ler mais 13 Junho 2019
Atualidade