Seeing AI: a app para pessoas com deficiência visual

Imagem da notícia: Seeing AI: a app para pessoas com deficiência visual

Desde a sua criação, o Seeing AI já tinha a capacidade de utilizar a câmara do telemóvel para descrever textos curtos, cenários e pessoas. A aplicação pode, por exemplo, ler um código de barras para fornecer informações sobre um produto e usa sons para orientar o utilizador a apontar a câmara para o ponto correto.

Atualmente, a aplicação – incluindo a sua nova versão para Android – já incorpora os mais recentes avanços da Microsoft em Inteligência Artificial (IA) generativa. Não é por acaso que a app consegue descrever pessoas com detalhes como estado emocional e estimativa de idade.

As descrições de imagens estão cada vez mais detalhadas, e a ferramenta pode auxiliar na localização de objetos num ambiente. Recentemente, a Microsoft lançou um novo recurso para que a app procure informações num documento conforme a orientação do utilizador.

Por meio desta nova função, o Seeing AI pode, por exemplo, auxiliar na leitura de determinados itens de um menu, do valor final de uma conta ou detalhes de uma fatura. A app ainda consegue resumir um artigo e reconhecer diferentes moedas (incluindo o Euro).

A aplicação está agora disponível em 18 idiomas: checo, dinamarquês, holandês, inglês, finlandês, francês, alemão, grego, húngaro, italiano, japonês, coreano, bokmal norueguês, polaco, português, russo, espanhol, sueco e turco. A Microsoft planeja expandir esse número para 36 idiomas em 2024.

17 Janeiro 2024
Sociedade

`

Notícias relacionadas

2024 com novo modelo de organização do SNS

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) vai passar a utilizar ferramentas de estratificação de risco da população para efeitos de planeamento e governação clínica, permitindo "uma maior aproximação dos serviços e programas de saúde às necessidades reais dos utentes", assegura a entidade.

Ler mais 28 Dezembro 2023
Sociedade

2024: Medicina personalizada ocupa o centro das atenções

Para a revista Forbes, 2024 será o ano da medicina personalizada. Planos de tratamento personalizados, tecnologias de edição genética como CRISPR e diagnósticos rápidos revolucionam os cuidados de saúde, prometendo melhores resultados para os pacientes e eficiência de recursos.

Ler mais 26 Dezembro 2023
Sociedade

Utopia ou realidade? O Futuro da sociedade em debate no Fórum 2050

O Fórum 2050, promovido pela Universidade do Porto e pelo PlanAPP – Centro de Competências de Planeamento, de Políticas e de Prospetiva da Administração Pública, onde se insere nas atividades do projeto Lab2050, realizou-se a 28 de outubro, na Reitoria da Universidade do Porto.

Ler mais 2 Novembro 2023
Sociedade