Médico português participa em investigação inovadora

Um novo tratamento para a cegueira está a ser desenvolvido por uma equipa de clínicos liderada por Robert Mclaren, da Universidade de Oxford. Do grupo faz parte o médico português Miguel Seabra, clínico da Faculdade de Medicina da Universidade Nova e do Imperial College London. Em declarações à Agência Lusa, o cientista português explicou que em causa está uma doença genética, em que “as pessoas adquirem um gene mutado que não funciona e que tem de ser substituído para restituir as suas funções”. Os ensaios clínicos para testar o tratamento começaram em Outubro, em Oxford.

9 Dezembro 2011
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade