Café pode reduzir o risco da síndrome do olho seco

Imagem da notícia: Café pode reduzir o risco da síndrome do olho seco

O consumo de cafeína pode aumentar a capacidade de os olhos produziram lágrimas, uma descoberta que pode melhorar o tratamento do chamado síndrome do olho seco, sugere um estudo publicado na revista Ophthalmology.

Para este estudo, os investigadores da University of Tokyo’s School of Medicine contaram com a participação de 78 indivíduos, com síndrome do olho seco, tendo metade dos pacientes recebido, na primeira sessão de tratamento, comprimidos de cafeína e a outra metade um placebo. Na segunda sessão os participantes receberam o tratamento oposto. Nenhum dos pacientes sabia que tipo de comprimido é que tinha ingerido.

Os investigadores, liderados por Reiko Arita, também constataram que os participantes que apresentavam as duas variantes conhecidas por desempenhar um papel importante no metabolismo da cafeína apresentavam uma maior produção de lágrimas, após a toma de comprimidos com cafeína.

A síndrome do olho seco afeta a taxa da produção de lágrimas, a qualidade destas e a taxa com que as lágrimas se evaporam da superfície do olho. Os sintomas desta síndrome, que atinge maioritariamente as mulheres, incluem desconforto ocular, ardor, excessivo lacrimejamento e produção de muco.

23 Abril 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Leadership Online Series aponta a 3.ª sessão

A terceira sessão do evento acontece na próxima sexta-feira, 18 de junho e vai contar com a participação de Michael Brennan, Tamara Fountain, José Beniz, Maria Frazão e Wanjiku Mathenge.

Ler mais 16 Junho 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia

CIRP 2021 promove diálogo e entrega prémios

O CIRP 2021 – Reunião dos Grupos Portugueses de Cirurgia Implanto-Refrativa, Superfície Ocular, Córnea e Contactologia, decorreu no passado fim de semana (12 e 13 junho), em Albufeira.

Ler mais 15 Junho 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia