Dormir pouco engorda

Imagem da notícia: Dormir pouco engorda

Investigadores da Universidade do Colorado, EUA, juntaram 16 pessoas saudáveis, com uma média de idades de 24 anos, peso normal e sem distúrbios de sono.

Essas pessoas passaram duas semanas no hospital da Universidade do Colorado. Nos primeiros três dias, as horas de sono e as calorias ingeridas foram controladas. Depois dessa fase, foram divididos em dois grupos: um desses grupos passou os cinco dias seguintes a dormir apenas cinco horas, enquanto o outro se manteve com o sono normal.

Depois desse período, trocaram de posições. Além disso, nessa fase, quem dormia menos, não tinha qualquer tipo de restrição alimentar.

O grupo que dormiu apenas cinco horas por noite gastou em média mais cinco por cento de energia. No entanto, ingeriu mais seis por cento de calorias do que o grupo que continuou a dormir as nove horas de sono. Se este estilo de vida for continuado, há o risco de se poder engordar um quilo por semana.

Além de haver uma tendência para se engordar, há outros riscos associados a poucas horas de sono, como cancro da mama, impotência sexual, alzheimer e parkinson.

25 Março 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

OM cria Censo Oftalmologia

O “Estudo Demográfico da População de Oftalmologistas Portugueses” do Colégio de Oftalmologia da Ordem dos Médicos, tem como objetivo “conhecer a realidade dos recursos humanos nacionais” nesta área da medicina. O documento vai ser divulgado no próximo congresso de Oftalmologia, entre 9 e 11 de dezembro, de 2021.

Ler mais 3 Dezembro 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia