Dia Mundial da Retina é a 29 de setembro

Imagem da notícia: Dia Mundial da Retina é a 29 de setembro

A 29 de setembro assinala-se o Dia Mundial da Retina e a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) alerta a população sobre a importância que a retina assume na acuidade visual, sendo que as doenças da retina são a principal causa de cegueira na população com idade mais avançada. “Das doenças da retina com maior impacto na acuidade visual salientamos a degenerescência macular relacionada com a idade (DMI) e a retinopatia diabética”.

Em declarações ao portal Atlas Saúde, Rita Flores, médica oftalmologista e secretária-geral da SPO, refere que “a degenerescência macular relacionada com a idade resulta numa afeção degenerativa da mácula, área da retina responsável pela visão central (visão de leitura, reconhecimento de faces, pequenos objetos, etc). Não tratada, a degenerescência macular resulta numa perda progressiva de visão central, sendo que, de uma forma geral, é poupada a visão ambulatória. Os sintomas iniciais desta doença são a deformação da imagem (metamorfopsia) e a dificuldade na leitura”.

Sendo a causa mais frequente de baixa de visão em doentes acima dos 50 anos nos países desenvolvidos, a DMI é uma doença silenciosa e, muitas vezes, só é percetível pelo doente depois de envolver o outro olho. Já a retinopatia diabética é uma outra entidade muito importante no contexto das doenças da retina, sendo a causa mais frequente de cegueira de origem vascular e surge nos doentes diabéticos secundários à lesão dos pequenos vasos da retina.

 

22 Setembro 2016
Atualidade

PUBLICIDADE
Mido 2020
`

Notícias relacionadas

AIBILI e ESEnfC celebram acordo de colaboração

A Associação para Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem e a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra assinaram um acordo de parceria para o desenvolvimento de atividades de investigação clínica que junta duas instituições da mesma cidade.

Ler mais 18 Fevereiro 2020
Atualidade

O valor do papel na era digital

Acreditou-se, durante anos, que o papel impresso deixaria de ter uso. Dizia-se que os e-books iriam substituir os livros tradicionais e que sites online iriam suplantar os meios de comunicação em formato físico. No entanto, nada disto aconteceu.

Ler mais 16 Fevereiro 2020
Atualidade

Radar das emoções desenvolvido na UA

É um radar, mas não serve para monitorizar a velocidade dos automóveis nem o espaço aéreo. Monitoriza, isso sim, emoções. Desenvolvido na Universidade de Aveiro (UA) o inédito radar, qual filme de ficção científica, consegue identificar o estado emocional de um indivíduo usando apenas sinais vitais detetados à distância.

Ler mais 7 Fevereiro 2020
Atualidade