“Olhos na Diabetes”

Imagem da notícia: “Olhos na Diabetes”

Apesar da perda de visão ser uma complicação duas vezes mais frequente que outras complicações comuns da diabetes (incluindo doenças cardiovasculares e acidentes vasculares cerebrais), um quarto das pessoas com diabetes não discute complicações oftalmológicas com o seu profissional de saúde, mesmo quando muitas delas já apresentam problemas de visão. Estas são algumas das conclusões alarmantes sobre a atual gestão da retinopatia diabética (RD) e do Edema Macular Diabético (EMD) revelado pelo estudo Barómetro RD, lançadas recentemente através da colaboração pioneira com especialistas da Federação Internacional sobre o Envelhecimento (IFA), Federação Internacional de Diabetes (IDF), Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB) e Bayer.

“O tema do Dia Mundial da Diabetes este ano é “Olhos na Diabetes”, que reflete o quão crítico é o papel da saúde ocular dentro da gestão da diabetes”, disse o presidente da direção da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP), Luís Gardete Correia. “O estudo do Barómetro RD revela lacunas preocupantes na atual gestão da doença ocular diabética e fornece medidas práticas que devem ser adotadas, a fim de prevenir a perda de visão desnecessária devida à diabetes”.

O relatório do Barómetro RD revela que 79% das pessoas com RD acham que a sua perda de visão torna difíceis atividades como conduzir, ir para o trabalho e completar tarefas domésticas simples e, em alguns casos, admitem mesmo que são atividades impossíveis. 20% das pessoas com RD ou EMD também afirmam que as alterações sentidas na sua visão, deixam-nos menos capazes de gerir a sua doença. Esta é uma das questões mencionadas na perceção das pessoas sobre a sua saúde física, e em que mais da metade dos entrevistados com RD classificou como “entre pobre a normal”.

Mais informações em breve!

 

 

28 Novembro 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

HOYA Vision Care lança nova campanha global “Myopia Care for Kids”

Esta iniciativa tem o duplo objetivo de “sensibilizar as crianças para o crescente aumento global da miopia nas crianças (que ocorre tipicamente entre os 6 e 14 anos1), assim como, sensibilizar para as “inovadoras lentes oftálmicas2 MiYOSMART, concebidas especificamente para que as crianças abrandem a progressão da miopia nas crianças entre os 8 e os 13 anos3”.

Ler mais 17 Agosto 2022
AtualidadeLentes e equipamentos

Academia do Profissional aposta na diversificação

Com o “foco” estritamente na “formação especializada”, os projetos a curto prazo de Ricardo Simões, CEO da Academia do Profissional, passam pela área de cuidados de saúde e beleza, o que pode abrir espaço ao setor da medicina dentária no futuro.

Ler mais 12 Agosto 2022
AtualidadeEventos e Formação

Lisboa acolheu XXII Congresso Nacional de Ortoptistas

Com a presença de cerca de 100 participantes, a APOR realizou o XXII Congresso Nacional de Ortoptistas em Lisboa. Durante a sessão de abertura, Aldina Reis, a presidente da APOR, aproveitou para enaltecer o importante e indispensável trabalho desenvolvido pelos ortoptistas no Serviço Nacional de Saúde (SNS), desde há 60 anos.

Ler mais 11 Agosto 2022
AtualidadeEntrevistasOftalmologia