Estrabismo proporciona “investigação alucinante”

Imagem da notícia: Estrabismo proporciona “investigação alucinante”

Jorge Breda considerou, em entrevista, qual o futuro da investigação na área do Estrabismo.

“A investigação nesta área é alucinante, porque se baseia nos conceitos mais básicos da fisiologia e da biologia celular. Refiro-me aos estudos sobre inibição e rearranjo neuronal, à fisiologia da vascularização da retina, à genética ocular, ao metabolismo. Penso que, nas áreas a que me dedico, houve um desenvolvimento acentuado no estudo e tratamento da Retinopatia da Prematuridade, por exemplo. Repare-se que crianças que nascem com 24 semanas de gestação e com 500gr., não ficam cegas como ficavam no passado, pois o seu seguimento regular permite um tratamento altamente eficaz quando efetuado na altura certa, quer com Laser quer com a ajuda dos anti-VEGFs, quando indicado. Nas cataratas congénitas, a biocompatibilade dos novos materiais permite-nos introduzir lentes muito precocemente e restaurar melhor a fisiologia visual. Nas doenças genéticas, há avanços notáveis com a terapêutica génica da retina”.

Leia a entrevista na íntegra na OftalPro 25, aqui.

30 Dezembro 2014
Entrevistas

`

Notícias relacionadas

Porto recebe 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo

Nos dias 11 e 12 de outubro, o Porto Pálacio Hotel, na cidade Invicta, recebe o 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo. A OftalPro conversou com Jorge Breda, do comité científico do encontro, que fez uma antevisão do evento e deixou o convite à participação dos oftalmologistas.

Ler mais 17 Julho 2024
EntrevistasEventos e Formação

“O objetivo primordial é manter o foco no doente”

Da formação médica à especialização, Tiago Martins Silva aborda o momento mais difícil na sua prática profissional, caracterizando ainda a oftalmologia em Portugal, com o SNS e os seus desafios, as metas pessoais e o que de melhor e pior retira de quase 20 anos de prática clínica.

Ler mais 8 Julho 2024
Entrevistas