Retinopatia diabética: da diabetes à cegueira

Imagem da notícia: Retinopatia diabética: da diabetes à cegueira

A ausência de uma monitorização adequada da diabetes aumenta o risco de problemas graves de saúde. Nos olhos, a diabetes não controlada leva a diferentes tipos de problemas oculares que, em casos agravados, pode conduzir à perda total da visão.

“Ainda que as perturbações visuais causadas pela diabetes sejam várias, como é o caso das cataratas, glaucomas, alterações da motilidade ocular entre outras, a retinopatia diabética é a principal causa de cegueira”, explica Cristina Seabra, médica oftalmologista do Hospital da Cruz Vermelha.

As alterações na visão são causadas pela deterioração progressiva dos vasos sanguíneos da retina. Ao romperem-se, o sangue sai dos vasos e origina hemorragias que resultam na perda súbita da visão.

No estado inicial da doença o diabético não sente qualquer sintoma, pelo que o rastreio da retinopatia diabética é fundamental. É também recomendada a visita regular dos diabéticos a um especialista ocular. No entanto, durante a evolução da patologia, o doente pode experienciar sintomas como visão enevoada ou com manchas escuras.

Informe-se aqui.

2 Maio 2018
Oftalmologia

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Oftalmologista alerta para o risco de acidente com álcool-gel

A médica oftalmologista Cláudia Bacalhau afirma que tem assistido neste período pandémico a um aumento de casos de acidentes com o uso de álcool-gel e desinfetantes de mãos de base alcoólica, por contacto acidental com os olhos, principalmente em crianças.

Ler mais 23 Setembro 2020
Oftalmologia

Telemedicina continua a “criar ondas” na oftalmologia

A pandemia de Covid-19 está a transformar a forma como a medicina é praticada em todo o mundo. Novas alternativas para o modus operandi da prestação de cuidados de saúde tradicionais têm sido escolhidas durante estes tempos incertos.

Ler mais 22 Setembro 2020
AtualidadeOftalmologia