David Martins acredita que “todos somos importantes para o nosso doente”

Imagem da notícia: David Martins acredita que “todos somos importantes para o nosso doente”

Realçando a importância das carreiras médicas no estímulo ao desenvolvimento e adesão ao Sistema Nacional de Saúde, relativamente às quais David Martins considera essencial que sejam ponderadas e implementadas efetivamente e sem atrasos, o médico declara os seus pensamentos numa longa conversa com a OftalPro.

OftalPro: É fundamental haver uma cooperação conjunta entre todos os intervenientes da oftalmologia, entre médicos, técnicos de ortóptica, enfermeiros e farmacêuticos?

David Martins: O meu ponto de vista relativamente ao trabalho de equipa entre todos os intervenientes na observação, diagnóstico e tratamento dos doentes, qualquer que seja a área de especialidade e em particular na oftalmologia, é já bem conhecido: a cooperação entre os médicos de medicina geral e familiar, os oftalmologistas, os anestesiologistas, os técnicos de ortóptica, os enfermeiros, os farmacêuticos, é fundamental para que o resultado final seja de excelência. Todos temos a ganhar com a partilha de experiências e conhecimentos. Nenhum de nós tem o dom da onisciência, onipresença ou onipotência. Todos somos importantes para o nosso doente. Não gosto do termo utente/cliente.

Conheça a entrevista completa na edição 41 da OftalPro.

7 Maio 2018
Entrevistas

PUBLICIDADE
Mido 2020
`

Notícias relacionadas

O percurso de Fernando Silva, médico oftalmologista

Fernando Silva nunca tinha pensado em ser médico oftalmologista até à altura de escolher a especialidade. Uma coisa sabia: queria uma profissão que pudesse aliar a parte médica à área cirúrgica. Fomos ao seu encontro, em Braga, para conhecermos a sua história.

Ler mais 4 Julho 2019
Entrevistas

“A oftalmologia é uma especialidade apaixonante”

Fernando Silva nunca tinha pensado em ser médico oftalmologista até à altura de escolher a especialidade. Uma coisa sabia: queria uma profissão que pudesse aliar a parte médica à área cirúrgica. Entre algumas opções, a oftalmologia pareceu-lhe a escolha acertada. E, hoje, não se arrepende da decisão que tomou há 22 anos.

Ler mais 12 Junho 2019
Entrevistas