“O objetivo primordial é manter o foco no doente”

Imagem da notícia: “O objetivo primordial é manter o foco no doente”

O que o fez tornar-se médico oftalmologista?

O encantamento pelo olho, por se tratar de um refinado e minucioso instrumento de precisão.

Como caracteriza a oftalmologia praticada no nosso país?

A oftalmologia em Portugal tem um nível de qualidade e diferenciação bem acima da média. Esse mérito tem como melhor exemplo a presidência da Sociedade Europeia de Cirurgia Refrativa pela Prof. Filomena Ribeiro. E é também tanto mais evidente quanto mais estágios, cursos ou congressos frequentamos pelo mundo. Quase todos os médicos oftalmologistas formados em Portugal têm um padrão de conhecimentos técnicos, teóricos e uma evoluída autonomia cirúrgica bem acima do que habitualmente acontece em muitos outros países do mundo, nomeadamente na Europa.

O valor exclusivo do médico português é muito alto, para o que poderá contribuir também, ainda, os critérios de seleção em medicina e para a especialidade, mas também uma tradição de ensino em generosidade, partilha e brio, no empenho formativo que todos fazem questão de expressar e concretizar, em cada centro, aos mais jovens.

Leia mais na revista OftalPro 65.

8 Julho 2024
Entrevistas

`

Notícias relacionadas

Porto recebe 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo

Nos dias 11 e 12 de outubro, o Porto Pálacio Hotel, na cidade Invicta, recebe o 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo. A OftalPro conversou com Jorge Breda, do comité científico do encontro, que fez uma antevisão do evento e deixou o convite à participação dos oftalmologistas.

Ler mais 17 Julho 2024
EntrevistasEventos e Formação